segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Existem coisas que só o "TEMPO" explica!!!

Quem pode dizer:
Aonde vai a estrada?
Pra onde vão os dias?
Só o tempo...
E quem pode dizer:
Se o seu amor cresce conforme seu coração escolheu?
Só o tempo...
Quem pode dizer:
Porque seu coração suspira conforme seu amor flutua?
Só o tempo...
E quem pode dizer:
Porque seu coração chora quando seu amor morre?
Só o tempo...
Quem pode dizer:
Quando as estradas se encontram
Que o amor pode ser em seu coração?
E quem pode dizer:
Quando o dia dorme, se a noite guarda todo o seu coração?
A noite mantém todo o seu coração?
Quem pode dizer:
Se o seu amor cresce como se coração escolheu?
Só o tempo...
E quem pode dizer:
Aonde vai a estrada?
Pra onde vão os dias?
Só o tempo...
Quem sabe?
Só o tempo...


domingo, 11 de dezembro de 2011

Abraço!!!

O Abraço é um carinho que faz com que a pessoa abraçada se sinta totalmente segura,
protegida e amada.
Em um abraço verdadeiro conseguimos sente a alma da outra pessoa.
O abraço é como um laço.
Se bem apertado, querido, gostoso, sincero, ele nunca mais se desfaz.
Ele gruda e nunca mais conseguimos ficar sem ele.
Mas se o laço é fraquinho, sem jeito, sem vontade, só por ter que dar, então, esse laço não serve por que não vai durar nada, e pode se desfazer a qualquer momento e 
ir-se embora numa rajada de vento...
Pois é, durante muito tempo estivemos a procura de alguma coisa que nos rejuvenescesse, que prolongasse o nosso bom humor, que nos protegesse contra 
as doenças, que curasse nossa depressão, que nos aliviasse de nosso estresse, 
que nos fizesse chegar próximo daquele com quem brigamos.
Sim, alguma coisa que fortalecesse nossos laços conjugais e que 
inclusive nos ajudasse a adormecer tranquilos.
Encontramos!
O remédio havia sido descoberto e já estava a nossa disposição.
E continua ao alcance de nossas mãos.
O mais impressionante de tudo é que, ainda por cima, não nos custa nada.
Aliás, custa sim, custa um pouco de orgulho, um pouco de pretensão de sermos 
auto suficientes, um pouco de vontade de viver do jeito que queremos, 
sem dependermos dos outros, um pouco de vontade de perdoar.
É o ABRAÇO! O abraço é milagroso.
É medicina realmente muito forte.
O abraço como sinal de afetividade, de carinho e de perdão pode nos ajudar a viver mais tempo, proteger-nos contra doenças, curar a depressão e 
fortificar os laços conjugais e familiares.
O abraço é excelente tônico!
Hoje sabemos que a pessoa deprimida é bem mais suscetível á doenças.
O abraço diminui a depressão e revigora o sistema imunológico da pessoa.
O abraço injeta nova vida nos corpos cansados e fatigados, e a pessoa abraçada se sente muito mais jovem e vibrante.
O abraço aumenta significativamente a hemoglobina na pessoa tocada.
Para lembrar, hemoglobina é aquela parte do sangue que transporta o oxigênio para os órgãos mais vitais do nosso corpo, inclusive o cérebro e o coração.
O uso regular do abraço, por isso tudo, prolonga a vida, sara a depressão e estimula a vontade de viver, crescer e progredir.
E o mais bonito é que este remédio não tem contra indicações e não há maneira de 
dá-lo sem recebê-lo de volta!


sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Mulher!!!

"Mulher não desiste, se cansa. 
A gente tem essa coisa de ir até o fim, esgotar todas as possibilidades,
pagar para ver. 
A gente paga mesmo. 
Paga caro, com juros e até parcelado. 
Mas não tem preço sair de cabeça erguida, sem culpa, sem
'E se'!
A gente completa o percurso e ás vezes fica até andando em círculos,
mas quando a gente muda de caminho, meu amigo,
é fim de jogo pra você.
Enquanto a gente enche o saco com ciúmes e saudade,
para de reclamar e agradece a Deus! 
Porque no dia que a gente aceitar tranquilamente te dividir com o mundo,
a gente não ficou mais compreensiva, a gente parou de se importar,
‘já era’. 
Quem ama, cuida! 
E a gente cuida até demais, mas dar sem receber é caridade, não carinho! 
E estamos numa relação, não numa sessão espírita. 
A gente entende e respeita seu jeito,
desde que você supra pelo menos o mínimo das nossas necessidades, principalmente emocionais, porque carne tem em qualquer esquina. 
Vocês nem sempre sabem, mas além de peito e bunda,
a gente tem sentimentos, quase sempre a flor da pele. 
Somos damas, somos dramas, acostumem-se. 
Mulher não é boneca inflável, só tem quem pode! 
Levar muitos corpos pra cama é fácil,
quero ver aguentar o tranco de conquistar corpo e alma, até o final."


"Fiéis e Inteligentes"

“Os homens mais inteligentes são aqueles que estão atentos às transformações sociais e que se deram conta de que mais vale ter uma mulher incrível ao lado do que uma coleção de biscates, e resolveram reduzir a farta distribuição de sementinhas.”
...
“As mulheres acabam de ganhar um belo argumento contra os Don Juans:
segundo uma pesquisa divulgada recentemente, 
homens fiéis são mais inteligentes que os infiéis.
Dito assim, parece conversa pra boi dormir, 
mas há uma informação importante por trás desse resultado.
Satoshi Kanazawa, especialista em psicologia evolutiva da London Schools of Economics, descobriu que há uma mudança de mentalidade em curso, 
e essa é a grande notícia.
Todos sabem a força da cultura herdada.
De geração em geração, 
homens lidam com sexo de uma maneira menos romântica que as mulheres.
Realizam suas fantasias e desejos à revelia de seu estado civil, 
amparados pela teoria ancestral de que nasceram para espalhar o maior número de sementinhas e assim garantir a permanência da espécie.
Com um álibi bom desses, a infidelidade masculina acabou sendo considerada apenas uma travessura, e, se a traição magoava as parceiras fixas, azar das parceiras fixas.
Perde-se um ônibus, logo vem outro, não é o que dizem?
O que o Sr. Kanazawa revelou ao mundo é que os homens começaram a perceber que esse rodízio pode ter um alto custo emocional.
O sexo clandestino é muito divertido e o risco de ser descoberto pode deixá-lo ainda mais saboroso, mas se for realmente descoberto, surpresa: 
já não haverá uma Amélia para perdoar.
Antigamente, as mulheres faziam olho branco não só porque “homem é assim mesmo”, mas porque a sociedade não recebia de braços abertos as desquitadas, e, além de sozinhas, elas teriam que viver de pensão e reduzir seu padrão de consumo, 
sem falar no trauma causado aos filhos.
Uma derrocada familiar que era facilmente evitada: 
bastava fingir que nada estava acontecendo.
Hoje, independentes financeiramente, com a sociedade as reverenciando e conhecedoras de truques para não envelhecer jamais, 
as mulheres já não têm por que ficar aturando desaforo.
Se a linha de ônibus deles é frequente, a nossa também, basta fazer um sinal.
Mas não é a variedade que costuma nos dar uma bela história de vida pra contar.
Afora as imutáveis diferenças hormonais que determinam o comportamento sexual de machos e fêmeas, 
o aspecto cultural pode realmente estar passando por uma evolução.
Os homens mais inteligentes (cuja pesquisa inclui também os ateus e os politicamente liberais, mas nisso ninguém se ateve) são aqueles que estão atentos às transformações sociais e que se deram conta de que mais vale ter uma mulher incrível ao lado do que uma coleção de biscates, e resolveram reduzir a farta distribuição de sementinhas.
Sendo homens seguros, não precisam copiar o padrão machista de seus pais e avós.
Captaram, com mais rapidez que os neurologicamente desfavorecidos, que o risco de perder a mulher amada é grande e que a fidelidade pode ser um bom investimento em longo prazo. Como é que ficaram tão espertos?
Precisaram ficar.
Suas mães e avós, também muito inteligentes, 
pavimentaram essa mudança antes deles.
(Martha Medeiros)

domingo, 4 de dezembro de 2011

Ame sem medo!!!

Quantas vezes olhamos nos olhos do outro e falamos de amor?
Nossos olhares demonstram-nos os desejos secretos que fluem em nossos corpos,
mas que no menor impulso se apaga e se torna frio como o gelo do ártico.
Podemos dizer que isso é amor é paixão ou um momento fugaz,
que podemos querer ou não que retorne?
Quando amamos de verdade, a energia do outro nunca sai do nosso ser.
Fica impregnada, torna-se una, mesmo que não aconteça nenhum toque,
porque, o verdadeiro amor é de alma para alma, de coração para coração,
de um ser para outro ser, sem se importar como, quando, onde nem porque,
simplesmente vive-se intensamente o amor, que, repito,
nunca descola de nossas almas, por mais que queiramos esquecer
e fazer de conta que tudo está bem.
Somos eternos apaixonados!!!
No desejo de ser feliz, no desejo de nos entregamos de corpo, alma e coração.
Não temos medo de sofrer, apenas queremos amar e ser amada!!!
No medo da dor, que poderá nos estraçalhar a alma
e deixar nosso coração apenas em fragmentos...
Deixamos de vivenciar...
Deixamos o sonho desaparece e no lugar temos a tristeza e a solidão...
Que juntas fazem padecer o nosso corpo...
Pode ocorrer "arrependimento"...
Onde lágrimas surgem a cada pensamento de que poderia ser diferente,
se tivéssemos dado uma chance para o amor...
Chance de nos conhecermos melhor, de realmente nos apaixonarmos ao ponto de
nossas vidas não poderem existir um sem o amor do outro,
de ser único e indestrutível como sonhamos que seria...
Então, fica apenas o sonho e o desejo de sermos amados como únicos!!!

sábado, 3 de dezembro de 2011

Tem coisa melhor que isso????

Tem coisa melhor que isso????
Poder dividir o travesseiro, o edredom, a cama, o quarto... 
Dormir de conchinha...
Ser a primeira a vê-lo pela manhã e a última que você verá a noite... 
Sentir seu cheiro... 
Seja suado do futebol... 
Seja de banho recém tomado, e de recém acordado...
Fingir que estou dormindo enquanto você se arruma pra ir trabalhar...
Tomar café juntos todas as manhãs... 
Ser a primeira a te fazer sorrir no dia. 
Dividir o sofá, o controle da TV, discutir sobre filme, futebol... 
Solucionar problemas de casa ou simplesmente rir de bobeira...
Dividir o espelho no banheiro, o chuveiro... 
Passar horas conversando até pegarmos no sono...
Terminar nossas discussões com um beijo... 
Passar toda uma vida com você, mesmo com a rotina...
Mesmo que o cotidiano ás vezes seja insuportável... 
Ou mesmo que você seja a própria "face" INSUPORTÁVEL...
Mesmo que a rotina nos estresse... ou mesmo que haja falta dela rsrs...
Contudo, mesmo que existia rotina e estresse... 
Saberemos nos encaixar perfeitamente... 
Afinal, se existir amor e compreensão saberemos solucionar tudo isso...
Mesmo que a gente venha a discutir várias vezes!!!


Cadê a minha metade???

CADÊ A TAMPA DA MINHA PANELA, O CHINELO DO MEU PÉ CANSADO, A METADE DA MINHA LARANJA?
(...) E chega! Há anos peço o príncipe e só me mandam o cavalo... 
(...) Dizem que materializar os sonhos escrevendo ajuda, então lá vai: 
Quero fazer amor com beijo na boca profundo, olhos nos olhos, eu te amo e muita sacanagem (no bom sentido rsrs)...
Quero cineminha com encosto de ombro cheiroso, ser carregada no colo, filhos correndo pela casa...
Uma casinha no campo com cerquinha branca, cachorro e caseiro bacana. 
Quero ouvir Chet Baker numa noite chuvosa e ter de um lado um livrinho na cabeceira da cama e do outro o homem que amo!!!
(...)Que a gente brigue de ciúmes, porque ciúmes faz parte da paixão, e que faça as pazes rapidamente, porque paz faz parte do amor. 
Quero ser lembrada em horários malucos, todos os horários, para sempre. 
Quero ser criança, mulher, megera, maluca e, ainda assim, olhada com total reconhecimento de território. 
Quero fazer amor na escada e ficar com alguns hematomas... depois descansar numa cama nossa e pura!
(...)E quando eu tiver tudo isso e uma menina boba e invejosa me olhar e pensar que: "Aquela instituição feliz não passa de uma união solitária de aparências"
 ... 
"Eu vou ter pena dela... desse coração solitário... desse projeto de mulher mal amada, que ainda não encontrou o verdadeiro amor."